quarta-feira, 13 de junho de 2012

Árvore dos Valores Humanos(Peça Teatral)


 

PEÇA TEATRAL
AUTOR:Professor  Telmo Carlos de Oliveira
C.E. “Joana de Freitas Barbosa”-Propriá-Sergipe

Árvore  dos  valores  humanos
Leva-se ao palco o desenho de um tronco de árvore sem folhas e mãos correspondente ao número de valores humanos e a copa da árvore será construída com as mãos e à medida que cada componente vai relatando o valor  prega na árvore a mão.
Narrador - Vivemos em uma era cheia de violência,sofremos violências  cada vez
                   Maiores.A violência é um sinal,um sintoma de uma sociedade que não
                  Criou apreço pelos valores e acabou formando adultos sem referências de
                 Cidadania e de respeito pelo próximo,por isso para resgatar esses valores
                Vamos cultivar nossa árvore dos valores humanos.Se a destruirmos nos
               destruiremos também.
Verdade:
 Esta é a mão da verdade e a verdade apresenta as  coisas como elas realmente são,sou muito próxima da sinceridade,comigo a vida se torna menos fantasiosa não engano ninguém mostro o que está por traz dos fatos para que ninguém se engane,andemos em verdade para que vivamos bem.
(prega a mão na árvore e sai)
Respeito:
A minha mão  é a mão do respeito vim também ajudar na         construção da árvore dos valores humanos,o respeito é a base da construção de uma sociedade bem sucedida o respeito é bem vindo em qualquer relacionamento quando eu, o respeito estou sempre há harmonia e a vida é preservada.Respeitemo-nos uns aos outros.
(prega a mão na árvore e sai)
Retidão:
A mão que levo é a mão da retidão ajudarei também na construção da árvore dos valores humanos,sem minha mão tudo fica errado ninguém seria honesto ,eu a retidão,sou a garantia da confiança dos cidadãos.Eu torno a vida mais confiável.
(prega a mão na árvore e sai)
Paz:
Oi,boa-noite! Bandeira Branca!Eu  trago a mão da paz,dizem que estou longe demais e que só existo no período entre- guerras mas eu  sou muito mais que isso habito no coração dos pacificadores.Sou o oposto da violência,sem mim a violência dominaria o mundo.Paz na terra para os homens que pacificam.Os anjos e os homens cantam meu nome, a mão da paz é o vínculo da perfeição.Que a paz habite nesta escola.
(prega a mão e sai)
Amor:
Oi, a minha mão é a mão do amor,sentimento inexplicável que habita no coração do homem,quem ama cumpre os mandamentos,o amor em grego tem quatro definições mas ficaremos apenas com o amor no sentido de amizade.O amor é a busca que todos querem Deus nos deu amor e devemos amar os outros como a nós mesmos.Não amemos com o amor humano mas com o amor de Deus.
(prega a mão e sai)
Amizade:
A minha mão é a mão da amizade,é muito bom fazer amigos sejam eles reais ou virtuais.Cultivar uma amizade verdadeira é como um bálsamo para as feridas.Quando temos amigos verdadeiros a vida se torna melhor para enfrentarmos os problemas.sejamos sempre amigos, e muitos  pesos serão tirados dos ombros.Sejamos amigos e assim conseguiremos ir mais longe.
(prega a mão e sai)
Justiça:
A minha mão é a mão da justiça eu sou a virtude de dar a cada um o que lhe cabe.Sem justiça não há igualdade,sem justiça não há paz,sem justiça o homem vira animal na sociedade.Sejamos justos e só assim “justiça e paz se abraçarão”.
(Prega a mão e sai)
Ética:
Minha mão é a mão da ética,sou um dos valores humanos mais importantes eu sempre estive presente nas sociedades e valorizo as atitudes humanas,sem mim verdadeiramente não haveria moral e o ser humano perdia o valor.
Responsabilidade:
A minha mão é a mão da responsabilidade, comigo as coisas boas sempre acontecem,às vezes sou pesada quando necessário, a minha mão tem o dever de dar conta de uma coisa que se fez ou se mandou fazer.Todos nós devemos ser responsáveis por nossos atos.
(Prega a mão e sai)
Solidariedade:
A minha mão é a mão da solidariedade.Mão que ajuda,que sente pelos outros.A mão da solidariedade move a participação  nas causas.Se cada um de nós formos solidários o mundo fica mais humano e fazemos o bem sem esperar nada em troca.
(Prega a mão e sai)
Honestidade:
Honestidade,é do que trata a minha mão.A honestidade trata com decência todos os atos.Quem é honesto recebe honra por fazer o bem ao seu próximo.Ser honesto é motivo de orgulho para uma sociedade e merece todo respeito.Vamos então ser honesto?
(Prega a mão e sai)

Todos:
“O tempo muito nos ensinou,ensinou a  amar a vida não desistir da luta,recomeçar na derrota,renunciar as palavras e pensamentos,emfim,acreditar nos valores humanos”
(Cora Coralina)

Todos: Nós somos as árvores que contêm os valores humanos!!!!










Um comentário:

  1. Olá, Profº Telmo
    Gostei muito da sua peça. Poderia pegá-la e fazer uma adaptação para trabalhar com meus alunos. Claro que sempre respeitando a sua autoria.
    Sou de Salvador - Bahia.
    Grata
    Niva Freitas

    ResponderExcluir